ARGENTINA

Lei n. 24.013 ou Lei Nacional do Emprego, de 13 de novembro de 1991 (Sistema Integral de Benefícios de Desemprego: artigos 111 a 127).

Continuar lendo

URUGUAI

É composto por trabalhadores do sector privado que prestam serviços remunerados a terceiros, excluindo assalariados rurais, trabalhadores domésticos e membros de organismos públicos não estatais (notários e funcionários bancários).

Continuar lendo

ESPANHA

Condições gerais Benefícios de desemprego: · perda involuntária de emprego; · Ter a capacidade e vontade de trabalhar; · Estar disponível para o escritório de emprego; · Ser registrado e regularmente afiliado à Previdência Social ou em situação semelhante; · Cobrir os períodos de contribuição necessários. Subsídio de assistência ao desemprego: [...]

Continuar lendo

VENEZUELA

Os beneficiários do Seguro de Desemprego Forçado são os afiliados que foram demitidos por razões injustificadas, exceto: Os afiliados a um Seguro Facultativo. Aposentados por velhice, invalidez ou reforma do IVSS ou de qualquer outra instituição pública ou privada. Trabalhadores temporários e casuais. Trabalhadores domésticos Os trabalhadores que renunciam a sua [...]

Continuar lendo

PORTUGAL

Condições gerais Subsídio de desemprego: · estar desempregado involuntariamente; · Estar disponível para trabalho e apt; · Estar inscrito como candidato a emprego num competente Centro de Emprego do local de residência do beneficiário; · Não ser beneficiário de uma pensão por velhice ou invalidez. Subsídio de assistência ao desemprego: o [...]

Continuar lendo

COSTA RICA

Assistência ao desemprego: um pagamento único, sem prejuízo do facto de o trabalhador indemnizado ir imediatamente para o trabalho noutro sector. Economia de mão-de-obra: pagamento único que pode ser retirado no término da relação de trabalho ou a cada 5 anos.

Continuar lendo

CHILE

- DFL no. 150, de 1981. Ministério do Trabalho e Previdência Social. Lei 19.728, de 14 de maio de 2001.

Continuar lendo

ARGENTINA

O Sistema Integral de Benefícios de Desemprego inclui um benefício de desemprego, em vigor desde 26 de dezembro de 1991. Além disso, os seguintes benefícios também fazem parte da proteção ao desemprego: Benefícios derivados do Regime Nacional de Subsídios de Família; Benefícios de assistência médica; Cálculo do período de prestações de desemprego em [...]

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.