PORTUGAL

A proteção ao desemprego inclui benefícios econômicos mensais: subsídio de desemprego. subsídio de assistência ao desemprego.

Continuar lendo

URUGUAI

- Para o desemprego total: 50% da média mensal das remunerações recebidas nos últimos 6 meses anteriores à situação de desemprego, ou 12 salários médios para o mesmo período. Para desemprego parcial: diferença entre o total do subsídio de desemprego e o montante efectivamente recebido no período subsidiado. Quando o trabalhador é casado ou tem [...]

Continuar lendo

COSTA RICA

Os benefícios de assistência ao desemprego não estão sujeitos ao Imposto de Renda ou às contribuições para a Previdência Social.

Continuar lendo

ARGENTINA

Condições gerais Estar em uma situação legal de desemprego e disponível para ocupar um cargo adequado; Considera-se situação legal de desemprego aquela causada por: a) demissão sem justa causa; b) demissão por motivo de força maior ou por falta ou redução de trabalho não imputável ao empregador; c) rescisão do contrato por reclamação da [...]

Continuar lendo

VENEZUELA

- Uma compensação semanal em dinheiro, pessoal e intransferível, equivalente a 60% do valor resultante da média do salário de referência semanal, usado para calcular as contribuições do IVSS, durante as últimas 50 semanas. Em nenhum caso o valor do benefício pode ser inferior a 60% do salário mínimo nacional atual. [...]

Continuar lendo

ARGENTINA

(*) Lei 22.75. Decreto 3984/84, de 21 de dezembro. Decreto 2485. Decreto 2533/86. Decreto 2.228 / 87. Decreto 209/89.

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.