PORTUGAL

(1) Todos os trabalhadores assalariados incluídos no regime geral. Os pensionistas de invalidez que exercem uma atividade profissional que são declarados aptos para o trabalho devido a uma revisão de deficiência.

Continuar lendo

COSTA RICA

Condições gerais No caso de demissão aixilio: Ter sido demitido sem justa causa. No caso de economia de mão-de-obra: ser demitido independentemente da causa da demissão. Período de contribuição anterior No caso de subsídio de desemprego, você deve ter trabalhado mais do que o período experimental, que consiste em 3 meses [...]

Continuar lendo

CHILE

Seguro Desemprego (1). Seguro de Desemprego: Até cinco meses (um turno por mês). Subsídio de desemprego: máximo de 360 dias.

Continuar lendo

ARGENTINA

Lei n. 24.013 ou Lei Nacional do Emprego, de 13 de novembro de 1991 (Sistema Integral de Benefícios de Desemprego: artigos 111 a 127).

Continuar lendo

URUGUAI

É composto por trabalhadores do sector privado que prestam serviços remunerados a terceiros, excluindo assalariados rurais, trabalhadores domésticos e membros de organismos públicos não estatais (notários e funcionários bancários).

Continuar lendo

ESPANHA

Condições gerais Benefícios de desemprego: · perda involuntária de emprego; · Ter a capacidade e vontade de trabalhar; · Estar disponível para o escritório de emprego; · Ser registrado e regularmente afiliado à Previdência Social ou em situação semelhante; · Cobrir os períodos de contribuição necessários. Subsídio de assistência ao desemprego: [...]

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.