Quantcast

EQUADOR

Estar em um relacionamento de dependência ou ser uma afiliada voluntária do Seguro Geral de Riscos Trabalhistas. O trabalhador acidentado deve ser cadastrado no IESS por meio do respectivo aviso de admissão, desde o primeiro dia de trabalho. O empregador é obrigado a preencher e assinar o correspondente aviso ou reclamação em todos os casos de [...]

Continuar lendo

O SALVADOR

Seja afiliado Não há período de carência e só é necessário apresentar a notificação de acidentes de trabalho, validada pela assinatura e carimbo do empregador (1). Para as pensões de viúva: 6 meses de casamento anterior ou 3 de coabitação. Para as pensões de órfãos: menores de 18 ou 24 anos, [...]

Continuar lendo

ESPANHA

Ser registrado na Segurança Social ou situação assimilada à quitação. Nenhum período de contribuição anterior é necessário. Nos benefícios da viúva, seja ou tenha sido cônjuge; em prestações por órfãos: menores de 18 anos, embora essa idade possa ser prolongada se a criança não trabalhar (1).

Continuar lendo

GUATEMALA

Os benefícios em serviço não estão sujeitos a períodos de contribuição anteriores. Somente ser afiliado ou beneficiário ou estar em período de desemprego (no período de 2 meses após a perda do emprego).

Continuar lendo

HONDURAS

Não há requisitos mínimos de cota. Em caso de invalidez por risco profissional, o subsídio dependerá da avaliação que determinar o grau de incapacidade, de acordo com o estabelecido pela comissão de deficiência.

Continuar lendo

NICARÁGUA

Os benefícios não estão sujeitos a períodos de contribuição anteriores, e a única exigência é que o segurado apresente a "Notificação de Acidente de Trabalho" (NAT) ou a "Notificação de Doença Ocupacional", que são emitidas pelo empregador.

Continuar lendo

PANAMÁ

Todos os empregadores são obrigados a se inscrever no Seguro de Risco Ocupacional do CSSS. Os benefícios não estão sujeitos a períodos anteriores de contribuição. (2)

Continuar lendo

PERU

A cobertura se aplica ao segurado a partir do dia em que o contrato é válido, e cláusulas que estabeleçam exclusões de doenças pré-existentes ou doenças, períodos de carência, comparticipações, franquias ou qualquer pagamento pelos trabalhadores com reembolso ou outras despesas não podem ser acordados. mecanismos semelhantes.

Continuar lendo

ARGENTINA

- Os benefícios não estão sujeitos a períodos de contribuição anteriores. Ser incluído na folha de pagamento declarada pelo empregador antes da ART, ou na empresa auto-segurada.

Continuar lendo

PORTUGAL

Acidentes de trabalho Declaração dentro de 48 horas após o acidente. Nenhum período de contribuição anterior é necessário. Doenças profissionais: A declaração deve ser feita dentro de um ano após a comunicação formal do diagnóstico, não sendo necessário um período de contribuição prévia.

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.