ARGENTINA

O orçamento destinado à Saúde no ano de 2001 representa, aproximadamente, 8,2%. Os agentes do Seguro Nacional de Saúde (Serviço Social e ANSAL) e o sistema de medicamentos "pré-pago" não são financiados pelo Orçamento Geral Nacional.

Continuar lendo

URUGUAI

- Na saúde pública, a maior parte do financiamento está a cargo do Estado, com uma certa participação nos Orçamentos do Ministério da Saúde Pública. No seguro de doença sob o BPS, a diferença entre receitas e despesas é coberta por recursos gerais das BPS provenientes da via [...]

Continuar lendo

URUGUAI

Os subsídios são financiados pelo Estado. Para o Seguro IVM, uma contribuição do estado de 0,25% é registrada. O INSS exige contribuições estatais, conforme indicado pela Lei de Seguridade Social para o pagamento de pensões não-contributivas em favor das vítimas de guerra, bem como para as despesas de [...]

Continuar lendo

BOLÍVIA

O Estado cobre todos os benefícios contínuos do sistema pay-as-you-go. Bem como o seguro gratuito da velhice. (1)

Continuar lendo

BOLÍVIA

O Estado, como tal, não aloca recursos para financiar esses benefícios, no entanto, o atendimento gratuito da mãe e da criança à população não incorporada à Previdência Social fornece recursos para as instituições que prestam esses serviços, incluindo a Previdência Social e ONGs

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.