Curso online sobre qualidade nos serviços de saúdeEste curso foi realizado em sua segunda edição, de 28 de março a 22 de maio de 2016.

Este curso, oferecido pela OISS em conjunto com a fundação CEDDET, com a colaboração da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID), visa:

- Partilhar, promover e promover entre os participantes conceitos fundamentais sobre a dignidade humana como elemento fundamental no respeito pelos direitos humanos, justiça e equidade para a consolidação de políticas, ações e intervenções humanizadoras no campo da saúde.

- Promover a formação de profissionais de saúde no âmbito da aplicação eficiente de processos, instrumentos e metodologias que melhorem a prestação de serviços de saúde, através da criação de espaços de encontro para reflexão e troca de experiências profissionais no contexto de melhoria qualidade continuada

Curso presencial sobre qualidade e humanização dos serviços de saúde

O curso foi realizado no Centro de Treinamento de Cartagena das Índias da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, organizado conjuntamente pela AECID e pela Organização Ibero-Americana de Seguridade Social (OISS), de 13 a 17 de junho de 2016, propício para compartilhar, promover, intercambiar e promover, entre os participantes, experiências e boas práticas de qualidade como elemento fundamental para a humanização.

Nele os participantes tiveram a oportunidade de receber palestras sobre diferentes temas, também participaram de duas oficinas no contexto humanizador: avaliação do estilo comunicativo e identificação de resposta espontânea e inteligência emocional (empatia, compreensão empática, resposta empática e escuta ativa). Ao mesmo tempo, apresentaram a experiência do país em qualidade e humanização.

Os participantes validaram a lista inicial proposta de indicadores de qualidade de saúde, incorporando ou sugerindo outros que consideraram relevantes para alcançar altos padrões de qualidade nos serviços de saúde.

Da mesma forma, os alunos, por meio da conversa "O café mundial sobre qualidade e humanização dos serviços de saúde", discutiram em quatro grupos o documento: "carta de identidade e princípios da profissão médica latino-ibero-americana" que foi enviada, em 9 de junho de 2016, ao Papa Francisco I pelas Instituições Médicas Latino-Americanas da América Latina, através do qual expressam seu compromisso incondicional de atender, sem discriminação de qualquer natureza, às necessidades de saúde dos pacientes em todos os seus aspectos biológicos, psicológicos, humanismo espiritual, bem-estar, com os valores da melhoria da ética médica e das competências profissionais.






Compartilhe nas redes sociais!

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.