O Tribunal Constitucional colombiano determinou que o caos na transição da ISS para Colpensiones foi superado.

Publicado por: Secretaria Geral da OISS

La Corte Constitucional de Colombia determinó que ya fue superado el «caos» que se registraba en la transición del Instituto de Seguros Sociales a Colpensiones.

Nesse sentido, a Nona Câmara de Revisão da Corte declarou que o estado de inconstitucionalidade decretado havia acabado e arquivado o processo incidental de desacato seguido contra o presidente da Colpensiones.

Segundo a Corte, é a primeira vez que expressamente se levanta um estado de inconstitucionalidades. Ele fez isso no julgamento T-774 de 2015 anunciado pelo próprio Tribunal até 10 de março de 2016.

Com uma apresentação do juiz Luis Ernesto Vargas, o Tribunal constatou um notável avanço no gozo e gozo de garantias constitucionais contra a gestão previdenciária.

Entre outros indicadores, ele alertou que enquanto em outubro de 2013 o total de pedidos de pensão com prazo vencido da Colpensiones somava 287.238, em novembro de 2015 esse número diminuiu para 21.329. Assim, no último relatório divulgado hoje pela Colpensiones, indica que o número de pedidos de rescisão continua a diminuir, situando-se atualmente em 11.063.

Em relação às ações tutela movidas contra a Colpensiones, o Tribunal constatou que, em setembro de 2013, o administrador tinha 63.921 ações de tutela pendentes de cumprimento, em novembro de 2015 esse número caiu para 12.081. No relatório apresentado hoje, a entidade relata um novo avanço, com a existência de 4.409 tutelas pendentes de cumprimento.

Enquanto no início do processo, em junho de 2013, 9600 ações de proteção contra a Colpensiones eram interpostas mensalmente, esse número diminuiu para a soma de 3144 em novembro de 2015 e, para a de 2567, com corte para fevereiro deste ano.

Da mesma forma, o Tribunal valorizou o importante esforço orçamentário feito pelo Governo Nacional, que alocou 231.775 milhões de pesos para atender às ordens ditadas pela declaração do estado inconstitucional de coisas, a expansão da planta de pessoal da Colpensiones, o aumento da transferência de afiliadas do regime de poupança individual ao regime de prémios médio, e o aumento do número de pensionistas em relação ao montante que o reconhecimento desse direito atingiu no ISS.

Ainda falta

No entanto, o Conselho considerou prudente emitir algumas ordens para proteger os direitos dos usuários da entidade que continuam a ser feridos, embora em menor número.

A Colpensiones foi encarregada de implementar um sistema de informação que reflete a resolução de pedidos de pensão, a execução de decisões tutelares, a notificação de atos administrativos, a inclusão na folha de pagamento e o pagamento efetivo de informações em seis meses. benefícios econômicos; bem como a correção e completude do histórico de trabalho, a qualificação da perda de capacidade de trabalho e a exigência e cobrança coercitiva de cotações não qualificadas.

Da mesma forma, deve ter um sistema de divulgação e download de informações relevantes para os usuários do esquema de prêmio médio que é atualizado mensalmente.

A Colpensiones foi condenada a tomar as medidas necessárias em três meses para superar definitivamente os problemas atuais na qualidade dos atos administrativos que concedem pensões, a integridade dos históricos de trabalho e o processo de cumprimento das sentenças judiciais e administrativas ordinárias. , em harmonia com as instruções emanadas da Superintendência Financeira da Colômbia e as recomendações feitas pelo Ministério Público da Nação, pela Ouvidoria e pelo Controlador-Geral da República.

Da mesma forma, deve ser dada prioridade à atenção a pedidos de benefícios, ao cumprimento de decisões judiciais de pessoas que sofrem de doenças catastróficas ou semelhantes.

Petição à Presidência e ao Congresso

O Tribunal instou a Colpensiones e o Governo Nacional a promover e adotar as medidas necessárias para adaptar a capacidade operativa de Colpensiones de acordo com a demanda dos usuários, de modo a garantir atenção e qualidade dignas e não repetir o caos vivido. .

Da mesma forma, solicitou-se que fosse avaliada a possibilidade de "avançar no grau de proteção concedido pelo direito à previdência social em seu conteúdo de acesso a uma pensão de invalidez em frente a pessoas e membros que realizam trabalho precário ou de curta duração. Sem prejuízo, do estudo de medidas que permitam diminuir os altos índices de informalidade do trabalho ".

Solicitou-se ao Congresso que estudasse a incorporação de um mecanismo de medidas cautelares no processo de trabalho ordinário que permita o reconhecimento e pagamento provisório de uma pensão em frente às pessoas que a procuram.

A decisão foi acompanhada pelo magistrado María Victoria Calle Correa. O juiz Alejandro Linares Cantillo, por sua vez, fez resgate parcial da votação por não compartilhar alguns aspectos da decisão.

Fonte: quinta-feira, 10 de março de 2016 | Autor: Elpais.com.co | Colprensa

Recentes


Convocatoria: Licitación para la elaboración de un análisis “Apuntes sobre sistemas de renta básica en los países iberoamericanos”

19 de octubre de 2020, Madrid, España.


Situación del COVID-19 en América Latina (Hasta el 12 de octubre)

16 de octubre de 2020, Madrid, España.


Procedimiento para la Continuidad de funciones del Ministerio de Salud durante el Estado de Emergencia Nacional por COVID-19

14 de octubre de 2020, Madrid, España.


Protocolo para la continuidad de los servicios en Hogares de Larga Estancia, Albergues, Centros Diurnos y cualquier otro programa de atención y cuidado a personas adultas mayores, durante la pandemia por COVID-19

14 de octubre de 2020, San José, Costa Rica.


Requisitos para la elaboración de protocolos sectoriales para la implementación de Directrices y Lineamientos sanitarios para COVID-19

14 de octubre de 2020, San José, Costa Rica.


La secretaria general de la OISS recibe la visita del nuevo Embajador de Paraguay ante el Reino de España

14 de octubre de 2020, Madrid, España. En la sede de la Organización Iberoamericana de Seguridad Social (OISS) en Madrid, España, el miércoles 14 de octubre, la secretaria general de la OISS, Gina Magnolia Riaño Barón recibió la visita del Sr. Embajador de Paraguay ante el Reino de España, Ricardo Scavone.  En este encuentro la […]


Convocatoria Máster OISS: Dirección y Gestión de Servicios de Salud

Formación desarrollada por la Organización Iberoamericana de Seguridad Social (OISS) y la Universidad de Alcalá (UAH). Inscripciones hasta el 28 de febrero de 2021. OFERTA FORMATIVA: * Máster en Dirección y Gestión de Servicios de Salud (Curso 2020-2021)


¡Últimos días! Convocatoria Másteres OISS 2020/21

Formación desarrollada por la Organización Iberoamericana de Seguridad Social (OISS) y la Universidad de Alcalá (UAH). Las inscripciones son solo hasta el 31 de octubre de 2020. OFERTA FORMATIVA: * Máster en Dirección y Gestión de los Sistemas de Seguridad Social (Curso 2020-2021) * Máster en Dirección y Gestión de Planes y Fondos de Pensiones […]