Oitavo Congresso FIAP Asofondos

Publicado por: Secretaria Geral da OISS

Cartagena das Índias, 16 e 17 de abril de 2015

Sin_titulo-5.jpg

O VIII Congresso da FIAP - Asofondos foi realizado nos dias 16 e 17 de abril de 2015, sendo instalado pelo Presidente da República da Colômbia, Dr. Juan Manuel Santos e pelo Presidente da Asofondos, Dr. Santiago Montenegro Trujillo. . O ato de encerramento ficou a cargo do vice-presidente da República, Dr. Germán Vargas Lleras.

Este evento tornou-se uma das mais importantes reuniões sindicais e acadêmicas na Colômbia, em questões relacionadas à poupança de longo prazo, pensões, mercado de capitais, setor financeiro e situação macroeconômica. Foi realizado em parceria com a FIAP, uma organização que agrupa operadoras de pensão em todo o mundo, abordando questões como o desenvolvimento do mercado de trabalho, a política social e o ambiente das perspectivas econômicas globais.

Entre os aspectos abordados pelos palestrantes estavam questões como a situação econômica atual do mundo, a fase chamada de grande divergência da economia, o crescimento da dívida privada contra a dívida pública, a difícil situação na redução da dívida pública. níveis de investimento, a queda do preço do petróleo e suas principais conseqüências, o modo como a implementação do consumo interno foi fortalecida, a diferença entre os mercados financeiros e a economia real e a situação econômica atual na Colômbia, causando juros cerca de quinhentos assistentes, assim como a comunidade em geral.

Durante seus discursos, o Presidente de Asofondos ressaltou a necessidade de reformar a Lei 100 de 1993, que criou o sistema previdenciário de seguridade social e estabeleceu as bases do sistema previdenciário geral, que, segundo ele, teve bons resultados Em qualquer caso, é necessário continuar avançando em direção à modernização em temas relacionados à cobertura, sustentabilidade e equidade. Reiterou a importância do impacto na informalidade do trabalho para fortalecer o sistema previdenciário, bem como atualizar a regulamentação dos Benefícios Econômicos Periódicos - BEPS, esquema para o qual será financiado, principalmente, pela devolução dos saldos e pela compensação de reposição ajustada pela inflação. Ele também mencionou aspectos relacionados ao ajuste de parâmetros de previsões públicas, incluindo a consideração de esquemas que funcionam no mundo das contas individuais, por meio de contas nacionais ou totalmente financiadas por economias sob administração pública.

Asofondos destacou a oportunidade de implementar reformas no sistema previdenciário geral, para i) eliminar todos os subsídios de aposentadoria do Plano de Médio Prêmio com Benefício Definido - exceto aqueles relacionados à garantia de aposentadoria mínima, ii) tomar como base de renda Liquidação da renda média de toda a vida útil, com período de transição, iii) reajuste da RAIS para fortalecimento do mercado de anuidades com a participação de seguradoras estaduais e iv) criação de um Conselho Técnico de Previdência Social definir e atualizar parâmetros no campo de pensão. Asofondos anunciou que apoiará as reformas promovidas pelo governo ao mesmo tempo.

O Presidente da República, desenvolveu em seu discurso questões relacionadas ao crescimento econômico do país, baixa inflação, a melhoria do mercado de trabalho e a redução das taxas de pobreza, porém indicou que a produtividade deve ser melhorada ea do setor exportador, para compensar a redução do preço do petróleo.

Em relação às pensões, ele disse que o governo com a criação da Colpensiones está alinhado com o fortalecimento do RPM. Ele informou que um novo modelo de proteção para a velhice foi criado, que inclui o Programa Colômbia Maior e os BEPs e reiterou o apoio às propostas que estão sendo construídas, para a melhoria da sustentabilidade do sistema e o aumento de suas atividades. cobertura.

Ele mencionou o interesse do país em ingressar na OCDE e como o BID solicitou um estudo para gerar recomendações e propostas concretas sobre o ajuste ao sistema previdenciário. Com as observações e recomendações feitas por este órgão, queremos começar, juntamente com o Congresso da República, um processo de consulta em que um novo sistema de pensões é discutido e construído. Esse aspecto foi destacado em seu discurso do Ministro da Fazenda e Crédito Público, Dr. Mauricio Cárdenas Santamaría, que também observou que não se trata de uma reforma temporária ou de um evento, mas de um processo com ampla participação social.

Para Mariano Bosch, Especialista Sênior, da Unidade de Mercados de Trabalho e Previdência Social do Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID, a pensão mínima na Colômbia é alta comparada a outros sistemas, o que implica que deve haver um forte regime de subsídios para sua operação, sustentável apenas se o sistema cobrir alguns. Mudanças importantes já ocorreram, como a adoção do sistema de contribuição por semanas, a adoção da pensão familiar e a implementação do BEPS. A Colpensiones continua avançando no cumprimento de suas metas e buscando alternativas para superar os efeitos do risco legal, que, em seu sentido, é uma das principais questões a serem abordadas e ajustadas no caso da Colômbia.

O Ministro das Finanças e do Crédito Público informou sobre o projeto de Plano Nacional de Desenvolvimento e indicou que contém vários artigos sobre previdência social e proteção previdenciária. Entre os assuntos a serem regulados está o reajuste da cotação dos independentes, bem como a reforma do regime multi-fundos para permitir que as AFPs decidam sobre a escolha de um dos esquemas de investimento, contra o silêncio do afiliado. A revisão anual dos cálculos atuariais por entidades públicas também é definida, e poderes são propostos ao Governo para reajustar o regime de anuidades.

Ele também indicou que a integração dos fundos de pensão da Aliança do Pacífico é promovida, para qualificar como doméstico qualquer investimento de um fundo nos países da região.

A Colômbia aplica uma sólida disciplina fiscal que a ajudou a enfrentar a redução de 1,5% do PIB devido a receitas mais baixas devido à redução no preço do petróleo. Da mesma forma, o país controla a inflação e possui um sistema financeiro sólido. Aquele relatório de tranqüilidade deu ao ministro, destacando esquemas como a atual regra fiscal do país.

O Vice-Presidente da República, Dr. Germán Vargas Lleras, e os Administradores do Fundo de Pensões AFP, concordaram em usar um valor próximo a 15 bilhões de pesos dos recursos economizados e capitalizados no regime de poupança individual, para investir no desenvolvimento da infra-estrutura rodoviária do país.

Recentes


Situación del COVID-19 en América Latina (Hasta el 23 de febrero 2021)

1 de marzo de 2021, Madrid, España.


Presentado el Convenio Multilateral Iberoamericano de Seguridad Social a las embajadoras y los embajadores de Iberoamérica en España

2 de marzo de 2021, Madrid, España. La Organización Iberoamericana de Seguridad Social hace balance de la situación de este pionero instrumento de cooperación ante los embajadores y embajadoras acreditados en España. Con la presencia de la secretaria de Estado de Asuntos Exteriores y para Iberoamérica y el Caribe del Gobierno de España, la Sra. […]


Programa de Vacunación COVID-19

26 de febrero de 2021, Madrid, España.


Ordenanza Nº 280/021. Implementar un Plan de Vacunación para inocular a la población en general contra el virus COVID-19

26 de febrero de 2021, Madrid, España.


‘Avance y estado de Vacunación COVID-19’ (Perú)

26 de febrero de 2021, Madrid, España.


‘Registro y Estado de Vacunación COVID-19’ (Paraguay)

26 de febrero de 2021, Madrid, España.


‘Estado de Vacunación COVID-19’ (España)

26 de febrero de 2021, Madrid, España.


‘Monitoreo Público de Vacunación COVID’ (Argentina)

26 de febrero de 2021, Madrid, España.