Quantcast

BOLÍVIA

Cotações exclusivamente para trabalhadores, para o novo plano de pensão administrado pelas AFPs. Financiamento do estado, até sua extinção, para o regime de repartição (regime anterior).

Continuar lendo

EQUADOR

Contribuição Pessoal: De 5% da matéria tributável dos empregados e trabalhadores, para o Seguro Geral de Invalidez, Velhice e Morte de 7% da matéria tributável dos servidores públicos, trabalhadores municipais, de entidades bancárias e entidades públicas descentralizadas, por Seguro Geral de Incapacidade, Velhice e Morte; De 8,5% do assunto [...]

Continuar lendo

BRASIL

Os elementos que compõem o financiamento da Previdência Social são os seguintes: Trabalhadores, inclusive domésticos e “avulso”, contribuem com o salário sujeito à contribuição recebida no mês, sendo a contribuição (desde junho de 2000) de 8% para salários até R $ 151,00 até 398,49; 9% para salários entre R $ 398,49 [...]

Continuar lendo

CHILE

O sócio contribui com 10% de sua renda mensal no Regime de Capitalização Individual. Em relação aos membros do Sistema Antigo, a contribuição varia de acordo com o sistema previdenciário em questão. Contribuição adicional feita pela afiliada, de valor variável, que oscila, em setembro de 2006, entre 2,3% e 2,45%, [...]

Continuar lendo

COLÔMBIA

Subsistema de pensão idem "velhice". Subsistema de Riscos Profissionais: São cotados de acordo com o tipo de risco de sua atividade econômica que se situa entre 0,348% e 8,7%.

Continuar lendo

COSTA RICA

Seguro de invalidez velhice e morte. Trabalhadores em nome de outros: 10,55% da massa salarial total, sem teto de contribuição. 3,5% para a conta do trabalhador, 5,25% para o empregador e 1,25% para o Estado. Trabalhadores autônomos: 10,55% do rendimento de referência estabelecido pelo CCSS. O Estado contribui com 1,25% e [...]

Continuar lendo

ESPANHA

28,3% do salário real ou contribuição base, percentual global de proteção social, distribuído da seguinte forma: 4,70% do trabalhador. 23,6% o empresário. Topo: 2.731,7 euros / mês ou 3.894,93 US $ (1 euro = 1,3 US $). No caso dos trabalhadores por conta própria: 28,3%. Os mesmos limites máximos indicados para os trabalhadores em conta [...]

Continuar lendo

GUATEMALA

O empregador contribui com 3,67% da folha de pagamento. o trabalhador, 1,83% do salário, eo Estado cobre 25% das despesas anuais com pensões. (2)

Continuar lendo

HONDURAS

2% para o empregador, 1% (um por cento) para o trabalhador afiliado e 0,5% para o Estado, aplicado sobre uma remuneração máxima de L. 4.800,00.

Continuar lendo

NICARÁGUA

Financiado por contribuições trabalhador / empregador, por um montante de 5,5% para o financiamento do Seguro IVM.

Continuar lendo

PANAMÁ

A população não segurada é responsável pelo Ministério da Saúde e o seu financiamento é cobrado ao Orçamento do Estado. Para a população segurada no CSS, a contribuição para os regimes de IVM. Doença e Maternidade, varia de acordo com a escala (ver Nota 1).

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.