O SALVADOR

Fornecimento de medicamentos, que estão incluídos na tabela básica de medicamentos prescrita pelos médicos do ISSS.

Continuar lendo

ESPANHA

- Beneficiários pagam 40% do preço dos medicamentos. Participação do segurado de 10% do preço do medicamento em determinadas especialidades, com um máximo de 2,40 euros (3,12 S $) (1 euro = 1,3 US $). Total de gratuidade para pensionistas, inválidos permanentes, pessoas hospitalizadas e residentes com recursos insuficientes, [...]

Continuar lendo

NICARÁGUA

Para os benefícios, há uma lista de medicamentos para a cobertura do Seguro-Maternidade, que inclui um total de 315 medicamentos, que são fornecidos aos beneficiários, tanto para consultas ambulatoriais quanto para internação. A medicação é relevante para as patologias cobertas na lista de benefícios médicos.

Continuar lendo

PANAMÁ

O fornecimento de medicamentos, incluídos na lista oficial de medicamentos, é realizado nas próprias farmácias da CSS.

Continuar lendo

PARAGUAI

O beneficiário é fornecido, gratuitamente, com a medicação relevante, de acordo com o vade-mécum atual. O sistema privado não cobre medicamentos.

Continuar lendo

PERU

- Regimes contributivos: São fornecidos de acordo com a prescrição do médico assistente, de acordo com o conteúdo da petição farmacológica. Regime Estadual: Eles estão incluídos.

Continuar lendo

PORTUGAL

Son cofinanciados por el Estado los medicamentos que figuran en la «lista oficial» de medicamentos. La cofinanciación por los Servicios de Salud según tres escalas:  Escala A: el costo del medicamento es financiado totalmente por el Estado.  Escala B: el Estado financia el 70% del precio venta al público.  Escala C: el Estado financia el […]

Continuar lendo

ARGENTINA

Parcial A Obra Social é obrigada a cobrir pelo menos 40% do preço de referência, que é determinado pela Superintendência de Serviços de Saúde. Nos provinciais eles variam entre 40% e 50%.

Continuar lendo

URUGUAI

Segurança Social da Doença: O fornecimento de medicamentos está a cargo do IAMC. O beneficiário deve pagar um ingresso para cada pedido de medicação. Programa materno-infantil: O beneficiário é oferecido, gratuitamente, a medicação relevante, de acordo com o vade-mécum atual.

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.