Quantcast

EQUADOR

Para a vítima de acidente, Subsídio de Deficiência: O montante do subsídio dependerá do grau de capacidade de trabalho remanescente, da remuneração tributável e da idade do afiliado. Sua duração não pode exceder o prazo máximo de 1 (um) ano, contado a partir da data da invalidez ou da expiração da cobertura do subsídio [...]

Continuar lendo

NICARÁGUA

Os feridos • No caso de Incapacidade Temporária, você tem o direito, a partir do dia seguinte ao acidente, a um subsídio diário igual a 60% do salário médio, calculado da maneira indicada para o subsídio derivado de doença comum. • Em caso de invalidez parcial permanente, o montante da pensão é obtido através da aplicação de [...]

Continuar lendo

O SALVADOR

A incapacidade parcial lesada: O montante da pensão é proporcional ao grau de declínio da capacidade, segundo tabelas preparadas e aprovadas pelo Instituto. Quando a deficiência é superior a 20%, mas não superior a 35%, a pensão é temporária e é paga ao longo de um período de 3 anos, por um montante [...]

Continuar lendo

GUATEMALA

Para o acidente Provisão para incapacidade temporária e compensação global por incapacidade permanente. Para os familiares do falecido segurado • Assistência para despesas de enterro. • Eles têm direito a uma pensão de orfandade para cada um dos filhos menores de 15 anos de idade, ou inválidos de qualquer idade, quando o pai ou mãe segurado falecer, equivalente [...]

Continuar lendo

ESPANHA

Para os feridos • Invalidez permanente parcial da profissão usual: Provisão de um pagamento único de 24 pagamentos mensais a partir da base reguladora. • Incapacidade permanente total de exercer a profissão habitual: 55% da base reguladora. Para os trabalhadores com mais de 55 anos de idade, este montante aumenta com uma soma [...]

Continuar lendo

HONDURAS

Ao Total Inválido lesionado: 40% do salário-base somado a soma de 1% do salário-base mensal a cada 12 meses cotados após os primeiros 60 anos. Nunca será inferior a 66% do salário-base. Incapacidade Parcial: Resultado da multiplicação do salário-base. percentagem de incapacidade estabelecida na tabela de avaliação da deficiência [...]

Continuar lendo

PANAMÁ

Ao subsídio prejudicado por incapacidade temporária: 100% do salário, os dois primeiros meses, e 60% quando, de acordo com a opinião médica, ele está em condições de trabalhar ou o tratamento curativo não prossegue mais. Compensação: Invalidez igual ou inferior a 35%, pagamento de 3 anuidades da pensão. Pensão absoluta por invalidez permanente: equivalente a 60% [...]

Continuar lendo

PERU

Os benefícios de saúde prejudicados por trabalho de risco são concedidos até a recuperação total do segurado ou a declaração de invalidez permanente total ou parcial ou morte. Os montantes mínimos de pensão de invalidez foram estabelecidos em 50% da remuneração do segurado, se fosse uma incapacidade parcial permanente e em [...]

Continuar lendo

PARAGUAI

A pessoa ferida • Compensação por incapacidade temporária: 65% do salário médio, sobre o qual o segurado pagou nos últimos 4 meses, com uma duração de 52 semanas. • Compensação por incapacidade permanente: · Se a incapacidade permanente for inferior a 30%, não dá lugar a indemnização. · Se a deficiência é maior [...]

Continuar lendo

ARGENTINA

Para a pessoa lesada Para fins de determinação do valor dos benefícios monetários, considera-se “receita base” o valor que resulta da divisão da soma total das remunerações sujeitas a contribuições e contribuições, ao Sistema Integrado de Aposentadoria e Pensões (SIJP). nos 12 meses anteriores à primeira manifestação incapacitante, ou [...]

Continuar lendo

PORTUGAL

Para a incapacidade temporária lesada devido a acidente de trabalho. Os benefícios equivalem a um percentual do salário-base diário (equivalente a 1/30 da remuneração mensal na data do acidente: Total de incapacidade temporária: 70% Invalidez temporária parcial: 70% da redução da capacidade geral de geração de renda. Invalidez temporária por doença ocupacional: [...]

Continuar lendo

BOLÍVIA

A pessoa lesada A pensão de invalidez permanente parcial é reconhecida até que o segurado atinja 65 anos de idade; Quando essa idade é concluída, o segurado é transferido para o seguro de aposentadoria. Quando a deficiência é igual ou superior a 10% e inferior a 25%, é reconhecido um pagamento único. Se a deficiência é maior que 25% e menos [...]

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.