BOLÍVIA

A pessoa lesada A pensão de invalidez permanente parcial é reconhecida até que o segurado atinja 65 anos de idade; Quando essa idade é concluída, o segurado é transferido para o seguro de aposentadoria. Quando a deficiência é igual ou superior a 10% e inferior a 25%, é reconhecido um pagamento único. Se a deficiência é maior que 25% e menos [...]

Continuar lendo

REPÚBLICA DOMINICANA

Para os acidentados • Incapacidade maior que 15% e menor que 50% de compensação entre 5 e 10 vezes o salário base; • Incapacidade superior a 50% e inferior a 67%: pensão mensal equivalente a 50% do salário base; • Invalidez igual ou superior a 67%: pensão mensal equivalente a 70%) do salário base; • Grande deficiência: [...]

Continuar lendo

BRASIL

Os feridos • Alívio da doença: 91% da base regulatória ("salário-benefício"). • Benefício por incapacidade: 100% da base regulatória ("salário-benefício"). • Auxílio acidental: 50% da base regulatória ("benefício salarial"), reconhecida após a cessação do benefício por doença, se houver consequências que impliquem a [...]

Continuar lendo

VENEZUELA

Para a renda ferida devido a incapacidade temporária. Você tem direito a uma compensação diária, equivalente a 2/3 da média diária do salário, paga por períodos vencidos. Renda por invalidez parcial. Remuneração única igual ao resultado da aplicação do percentual de invalidez atribuído ao valor de 3 anuidades da pensão por invalidez total, que [...]

Continuar lendo

COSTA RICA

Para o ferido Invalidez temporária: 75% do salário durante os primeiros 45 dias. De 46 para 2 anos, 100% do salário mínimo atual, e 75% sobre o excedente desse valor. O montante do subsídio não pode ser inferior ao salário mínimo atual. Invalidez menor e permanente (perda de 0,5% a 50% dos [...]

Continuar lendo

URUGUAI

Injured Compensação por incapacidade temporária: Corresponde a 2/3 do salário diário ou salário que foi pago no momento do acidente. Compensação por incapacidade permanente: invalidez permanente inferior a 10% não dá origem a indemnização. Invalidez permanente igual ou superior a 10% e não superior a 20%: o acidentado pode receber [...]

Continuar lendo

CHILE

O lesionado Incapacidade Temporária: é o mesmo que para o benefício que deve ser concedido em caso de doença não profissional, que é devida a partir da data do acidente até 12 meses, expansível até 24 meses. Incapacidade permanente: De 15 a menos de 40%, o trabalhador recebe uma indenização de até 15 vezes o salário [...]

Continuar lendo

COLÔMBIA

Os acidentados • Quando a incapacidade for superior a 50% (cinquenta por cento) e inferior a 66% (sessenta e seis por cento), terá direito a uma pensão de invalidez equivalente a 60% (sessenta por cento) da receita base de liquidação. ; • Quando a incapacidade é superior a sessenta e seis por cento (66%), você terá direito [...]

Continuar lendo

CUBA

Os feridos • Benefícios por doença ou acidente: Uma porcentagem da média dos salários diários dos últimos 6 meses (salário base). • Em caso de hospitalização: 70% do salário base. • Se a hospitalização não for necessária. 80% • Pensão por invalidez: 60% do salário base. • Salário base: a média dos melhores [...]

Continuar lendo

EQUADOR

Para a vítima de acidente, Subsídio de Deficiência: O montante do subsídio dependerá do grau de capacidade de trabalho remanescente, da remuneração tributável e da idade do afiliado. Sua duração não pode exceder o prazo máximo de 1 (um) ano, contado a partir da data da invalidez ou da expiração da cobertura do subsídio [...]

Continuar lendo

NICARÁGUA

Os feridos • No caso de Incapacidade Temporária, você tem o direito, a partir do dia seguinte ao acidente, a um subsídio diário igual a 60% do salário médio, calculado da maneira indicada para o subsídio derivado de doença comum. • Em caso de invalidez parcial permanente, o montante da pensão é obtido através da aplicação de [...]

Continuar lendo

O SALVADOR

A incapacidade parcial lesada: O montante da pensão é proporcional ao grau de declínio da capacidade, segundo tabelas preparadas e aprovadas pelo Instituto. Quando a deficiência é superior a 20%, mas não superior a 35%, a pensão é temporária e é paga ao longo de um período de 3 anos, por um montante [...]

Continuar lendo

Organização Ibero-americana de Seguridade Social. Todos os direitos reservados.

HOME BLOG AVISO LEGAL

Desenvolvido por Tecnologias Tible.